- Advertisement -
DestaqueJúri dos acusados de matar Valério Luiz é adiado pela 4ª vez,...

Júri dos acusados de matar Valério Luiz é adiado pela 4ª vez, em Goiânia

O júri popular que julgava os cinco réus acusados de matar o radialista Valério Luiz foi adiado pelo juiz Lourival Machado, nesta terça-feira (14). 

Um dos 7 jurados se sentiu mal de madrugada e resolveu sair do isolamento do hotel em que estava para ir em casa tomar um remédio por conta própria. Essa saída do hotel é proibida porque ele não pode ter contato com ninguém que não seja do júri e quebra a isenção do jurado.

“Quando um jurado é sorteado, ele fica incomunicável. O jurado passou mal, teve um problema com alimentação e precisou de atendimento. O médico comprovou que ele não tem condições de continuar”, disse o promotor do Ministério Público Sebastião Marcos Martins.

Os acusados do crime são:

  • Maurício Sampaio, apontado como mandante;
  • Urbano de Carvalho Malta, acusado de contratar o policial militar Ademá Figueiredo para cometer o homicídio contra o radialista;
  • Ademá Figueiredo Aguiar Filho, apontado como autor dos disparos que mataram Valério;
  • Marcus Vinícius Pereira Xavier, que teria ajudado os demais a planejar o homicídio do radialista;
  • Djalma Gomes da Silva, que teria ajudado no planejamento do assassinato e também atrapalhado as investigações.

Últimas Notícias

INSCREVA-SE

TENHA ACESSO EXCLUSIVO

FIQUE POR DENTRO DAS ULTIMAS NOTÍCIAS

Ao se inscrever você ficará por dentro das últimas notícias

Mais Nóticias